Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio e Atlético-GO empatam em 1 a 1 num jogo fraco tecnicamente

Resultado mantém sequência ruim do Tricolor no Brasileirão e time segue perto do Z4 da competição

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foi uma partida difícil de assistir. Grêmio e Atlético-GO fizeram um duelo muito fraco tecnicamente na noite deste domingo, no Estádio Olímpico de Goiânia. Assim, o resultado não poderia ser outro que não um empate em 1 a 1, com poucas chances criadas de parte a parte. 

Os gols foram marcados no primeiro tempo. Aos 10 minutos, Edson marcou de cabeça. Isaque empatou para o Grêmio, aos 41, após consulta ao VAR.

Com o resultado, o Grêmio fica em 15°, e mantém uma sequência sem vitórias no Brasileirão O Tricolor volta a campo para enfrentar o Bahia, na quinta-feira. A partida, válida pela 9ª rodada do Brasileirão, acontece no Estádio Pituaçu, às 19h15min.

Grêmio sai atrás, mas acha gol no fim de um fraco primeiro tempo

Pressionado, o técnico Renato Portaluppi optou por começar a partida com o time titular. No meio, a única mudança foi na armação das jogadas. O irregular Jean Pyerre sequer apareceu no banco, assim como Thiago Neves, que terá seu contrato rescindido. Quem apareceu na função foi Isaque.

Logo na primeira chegada, o Atlético-GO conseguiu abrir o placar. Aos 10 minutos, Gustavo Ferrareis cobrou escanteio pela esquerda com precisão. Na pequena área, Edson subiu mais alto que a zaga do Grêmio e escorou no lado esquerdo de Vanderlei, sem chances para o goleiro Tricolor.

O Grêmio praticamente não criou na primeira meia hora. Mais uma vez, abusou das tentativas de cruzamentos, algo já feito exaustivamente diante do Sport. Acrescentou, ainda, ao restrito repertório uma sequência de ligações diretas, o que também não resultou em nenhuma chance clara.

Apesar da falta de inspiração, aos 41 minutos, o Tricolor criou sua primeira boa chance. E não desperdiçou. Alisson suspendeu bola de cavadinha para Isaque, que bateu de canhota, de primeira, para anotar o empate. O bandeira chegou a marcar impedimento, mas o jogador do Grêmio estava bem atrás. Após breve consulta ao VAR, o árbitro validou, e o confronto foi ao intervalo em 1 a 1, com um resultado bem melhor que a atuação. 

Partida segue ruim e placar se mantém

Na volta do intervalo, o Atlético-GO manteve mais a posse da bola nos minutos iniciais. O Grêmio, por sua vez, seguiu pouco criativo. Assim, a primeira finalização foi dos donos da casa. Aos 8 minutos, Marlon Freitas recebeu bola de cavadinha na entrada da área e bateu forte, obrigando Vanderlei a fazer grande defesa, espalmando para linha lateral. 

A partida seguiu muito fraca tecnicamente na primeira metade da etapa final. Nenhuma das equipes criou quase nada. Um possível pênalti chegou a ser cogitado para o Atlético-GO, em bola enfiada para Renato Kayzer. Ele saiu na cara de Vanderlei, deu um toque na bola tirando o goleiro do lance, que em choque normal atingiu o atacante do Atlético-GO. O árbitro nada marcou. 

O Grêmio só finalizou pela primeira vez aos 27 minutos. E foi sem perigo nenhum. O Tricolor arrancou pela direita e a bola levantada, como quase sempre nos últimos jogos, chegou até Everton no lado esquerdo da grande área. Sem sair do chão, ele cabeceou fraco, com defesa tranquila para o goleiro Jean. 

Após as substituições, o Grêmio não melhorou na partida. Pelo contrário. Viu o Atlético-GO criar as melhores chances, assustar e quase chegar ao gol da vitória. A bola foi escorada da meia direita e, de canhota, Matheuzinho arriscou de longe. A finalização foi no travessão de Vanderlei, levando perigo. Até o fim da partida, o Tricolor foi pressionado. No entanto, ainda conseguiu segurar o jogo e garantir um ponto no empate em 1 a 1 fora de casa. 

Já no fim de jogo, ainda houve prejuízo maior para o Grêmio. Após carrinho, Geromel foi expulso e, assim, desfalca o Tricolor na próxima partida, diante do Bahia.

Campeonato Brasileiro – 8ª rodada

Atlético-GO 1

Jean; Dudu, Éder, João Victor e Nicolas; Marlon, Edson, Janderson (Everton Felipe), Chico e Gustavo Ferrareis (Matheuzinho); Renato Kayser. Técnico: Vágner Mancini

Grêmio 1

Vanderlei; Orejuela, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique, Alisson (Luiz Fernando), Everton e Isaque; Diego Souza (Robinho). Técnico: Renato Portaluppi 

Gols: Edson (10min/1ºT), Isaque (41min/1ºT)

Cartões amarelos: Geromel, Kannemann, Diego Souza (Grêmio) 

Cartão vermelho: Pedro Geromel

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro 

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)

Data e hora: 06/09, às 19h

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Ao todo, R$ 428,2 serão disponibilizados para beneficiários do programa com final 6 do Número de Identificação Social (NIS)

Máximas devem ficar na casa dos 30°C em boa parte do Estado

Pepê marcou o único gol na vitória do Tricolor, que agora divide com o rival a liderança do grupo E da competição

Com ele foi encontrada quantidade de crack, cocaína, maconha, e dinheiro