Giro do Vale / Geral

Mais dois suspeitos de participar de ataque em Criciúma são presos no RS

Dupla foi localizada em Gramado, na Serra e um deles pertence à facção PCC

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil anunciou na manhã desta quinta-feira, dia 3, a captura de mais dois suspeitos de envolvimento no ataque contra o Banco do Brasil entre a noite de segunda e madrugada de terça-feira, dia 1º, em Criciúma, Santa Catarina. Os dois indivíduos foram presos na cidade de Gramado, na Serra. Um deles, mineiro, pertence à facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC), cuja suspeita de atacar a agência bancária já havia sido levantada como hipótese pelas autoridades catarinenses.

Dessa forma, aumentou para nove o número de detidos na investigação do roubo realizado em solo catarinense. A notícia das prisões foi confirmada pela Chefe de Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, em entrevista coletiva à imprensa no final desta manhã na Secretaria da Segurança Pública do Estado, na Capital. 

A dupla deve ser levada ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Porto Alegre. Um foi detido em uma residência e outro ainda tentou fugir, mas foi contido nas buscas dos agentes em um matagal. 

Na manhã desta quinta-feira, os efetivos do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da PMSC e da Brigada Militar prenderam um suspeito em uma propriedade entre Morrinhos do Sul e Três Cachoeiras. Na quarta-feira, cinco suspeitos foram presos pela Polícia Rodoviária Federal. Três deles foram abordados na BR 101, em Passo de Torres (SC), no final da tarde. Outros dois foram localizados na BR 116, em São Leopoldo, durante a noite, e levados para o Deic, em Porto Alegre. No total são nove presos até o momento, incluindo ainda uma detenção em São Paulo.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Acidente ocorreu na manhã deste domingo, dia 18, no interior de Imigrante

Segundo a Brigada Militar, ele tentou fugir em alta velocidade e fazendo manobras perigosas

Foram utilizados cerca de 8 mil litros de água para conter as chamas

Público dessa faixa etária receberá a primeira dose do imunizante, a partir de terça-feira, dia 20