Giro do Vale / Geral / Lajeado

Lajeado proíbe abertura do comércio no final de semana em função do agravamento da pandemia

Deverão fechar, todos os estabelecimentos de comércio e serviços não essenciais entre as 20h de sexta-feira, dia 26, e as 5h de segunda-feira, dia 1º

Foto: Ilustração

Após reunião do Grupo de Contingenciamento do Coronavírus de Lajeado, que com o agravamento da situação da pandemia no município voltaram a ser diárias, o município optou pela adoção de novas medidas para combater a disseminação da Covid-19. Os encontros reúnem representantes da prefeitura, Hospital Bruno Born (HBB), Univates e Unimed. Após a reunião, o prefeito Marcelo Caumo também se encontrou com representantes do Fórum das Entidades para apresentar as propostas. O objetivo das medidas é reduzir a movimentação e as aglomerações em toda a cidade, evitando ao máximo contatos entre as pessoas, para que a curva de contágio baixe e reduza a pressão sobre o atendimento de saúde de postos, UPA e HBB e, desta forma, poder manter em funcionamento, com todos os cuidados e protocolos, atividades como as escolas e o comércio. 

A principal medida será um novo decreto municipal, a ser publicado nesta quinta-feira, dia 25, onde será determinada a adoção das medidas previstas na bandeira preta para todo o território municipal, com exceções específicas que estarão previstas no decreto. A decisão mais relevante é pelo fechamento de todos os estabelecimentos de comércio e serviços não essenciais entre as 20h de sexta-feira, dia 26, e as 5h da segunda-feira, dia 1º de março. Além disso, estabelecimentos de alimentação (restaurantes, bares, lancherias, food trucks e afins), já a partir desta quinta-feira, só poderão atender presencialmente até 18h e depois, apenas com telentrega ou take away (pegue e leve) até 23h, quando então fecham.  

“Estamos vivendo com certeza o momento mais crítico da pandemia e precisamos do apoio de todas as entidades e da comunidade para que isso funcione. Não podemos permitir aglomerações de nenhum tipo porque é nestes locais que a contaminação acontece. Nossas equipes de fiscalização estarão nas ruas cobrando esta postura de todos”, disse o prefeito Marcelo Caumo. 

As medidas se somam aos esforços que estão sendo feitos pelo HBB para ampliar o atendimento de casos graves de Covid dentro do escopo de seu Plano de Contingência para Situação de Calamidade. O hospital anunciou nesta quarta-feira a etapa 3 de ampliação de leitos e prepara nova etapa. A pedido do hospital, o município já adquiriu 3 aparelhos de terapia de alto fluxo e está adquirindo 10 bombas de infusão, equipamentos que serão utilizados para apoiar o tratamento de pacientes do HBB.  

Em paralelo, a Secretaria Municipal da Saúde está concluindo contrato para parceria com o Hospital Marques de Souza, para que funcione como suporte para os pacientes de Lajeado no caso de serem necessários mais leitos além dos que o HBB já está disponibilizando na cidade. A opção de parceria com um hospital se dá pelo fato de a estrutura já estar disponível, com leitos, respiradores e equipe de técnicos, enfermeiros e médicos, e assim poder oferecer um tratamento mais adequado do que seria possível em um hospital de campanha. 

Confira as novas medidas do município: 

Decreto municipal a ser publicado nesta quinta-feira trará mais restrições à movimentação na cidade para o período entre as 20h de sexta-feira, dia 26, e 5h de segunda-feira, dia 1º de março, como:

  • Adoção das regras de bandeira preta para todos os setores, com exceção dos que estiverem previstos no decreto, ou seja, mesmo com a cogestão, a regra não será a de bandeira vermelha;
  • Já a partir de quinta-feira, restaurantes, bares, lancherias, food trucks e afins só poderão atender o público até 18h. Após, das 18h às 23h, só podem operar com telentrega ou take away (pegue e leve). Após as 23h, fechamento completo. Na sexta, a restrição também inicia às 18h, junto com os demais estabelecimentos. No sábado, domingo e até as 5h de segunda, não podem ter atendimento presencial, apenas telentrega e take away (pegue e leve). Mesas e cadeiras estão proibidas nas áreas externas;
  • Missas e cultos adotam o padrão de funcionamento em bandeira preta: não é permitida a presença de fiéis na igreja, apenas a realização da cerimônia com transmissão online;

– Outros detalhes estarão no decreto. 

Posto de Saúde do Centro funcionará sábado e domingo 

  • O Posto de Saúde do Centro, que é referência para atendimento de casos de pacientes com sintomas respiratórios e Covid-19, funcionará excepcionalmente neste sábado e domingo para atendimento exclusivo de casos leves suspeitos ou confirmados da doença. A ideia é evitar a sobrecarga dos serviços da UPA e HBB, que ficam dedicados aos casos urgentes e graves.
  • O Posto funcionará no sábado, 27/02, e no domingo, 28/02, das 10h às 16h.
  • O atendimento é EXCLUSIVO para pacientes com SINTOMAS GRIPAIS/COVID. 

Megaoperação de fiscalização 

A Prefeitura ampliará a equipe de fiscalização para atuar no cumprimento dos decretos estaduais e municipais. Megaoperações de fiscalização estão previstas para ocorrerem nas noites de quinta-feira, dia 25, sexta-feira, dia 26, e sábado, dia 27, para assegurar que não ocorram aglomerações. 

Fiscais da Secretaria de Segurança Municipal, Secretaria do Planejamento e Urbanismo e da Saúde e agentes do Departamento de Trânsito terão a parceria de policiais da Brigada Militar e da Polícia Civil para verificarem os locais que não estão cumprindo os decretos. 

Postos que atendem pacientes com sintomas respiratórios e Covid: 

– Posto de Saúde do Centro/Unidade Covid: 

Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 19h

Endereço: Rua Júlio May, 383 – Centro

Entrada: lateral do prédio, pelo auditório

Contato: (51) 3982-1127 

– Posto de Saúde do bairro Montanha/Unidade Covid: 

Horário de atendimento:  de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 12h30 às 16h30

Endereço: Rua João Sebastiany, 1312 – Montanha

Entrada: lateral inferior do prédio

Contato: (51) 3982-1138

AI

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Quase todo o Estado terá predomínio de chuva

Acidente ocorreu nas proximidades da empresa Neugembauer

Além de perder o seu carro, vítima também perdeu R$ 1,5 mil

O fogo teria iniciado em uma fritadeira com óleo