Giro do Vale / Economia

Preços do diesel e da gasolina sobem pela 11ª semana seguida

Sequência de aumento vem no momento em que Bolsonaro envia projeto ao Congresso com mudanças no ICMS dos combustíveis

Foto: Divulgação

O preço médio do diesel e da gasolina subiu pela 11ª semana consecutiva nos postos de combustíveis do Brasil. O diesel atingiu a marca de R$ 3,811 por litro, alta de 1,3% em relação à semana anterior, segundo levantamento publicado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira. Já a gasolina ficou 1,34% mais cara na semana, para R$ 4,833 o litro nas bombas. 

A sequência de aumentos vem no momento da discussão sobre o valor da gasolina e do diesel, que levou o presidente Jair Bolsonaro a enviar ao Congresso nesta sexta-feira um projeto de lei propondo mudanças na cobrança do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de combustíveis.  

A ideia é criar uma alíquota uniforme e específica, segundo a unidade de medida adotada na operação (litro ou quilo). Atualmente, o imposto é cobrado como um porcentual do valor do combustível no momento da venda no posto.

Novos reajustes

Concorrente da gasolina nas bombas, o etanol hidratado registrou leve aumento na última semana, atingindo preço médio de R$ 3,311 por litro. O preço médio do diesel, conforme a pesquisa da ANP, está 4,8% acima do patamar em que começou o ano, enquanto o da gasolina acumula aumento de 7% em 2021. O etanol subiu 4,12% no período. 

De acordo com uma previsão da Ativa Investimentos, preço da gasolina na bomba deve sofrer um reajuste de até 12% nos próximos 15 dias. A avaliação é de que o aumento seja aplicado de forma fracionada, em duas vezes.

A Petrobras havia reajustado os preços de venda às distribuidoras da gasolina, diesel e gás de cozinha, na última terça-feira, com aumento médio de R$ 0,17 por litro da gasolina e de R$ 0,13 por litro do diesel.

O repasse de movimentos de preço nas refinarias aos postos, no entanto, não é automático e nem obrigatório, com a cotação nas bombas dependendo de uma série de fatores, incluindo margens de distribuição e impostos. 

Segundo a Petrobras, a definição dos preços valores são baseadas de acordo com a importação, cotação do dólar e o valor do petróleo no mercado internacional.

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prisão ocorreu instantes depois de terem feito uma idosa de 80 anos de vítima

Ambos possuem extensa ficha criminal por furtos em veículos

Colorado entra em campo às 19h15min, no estádio Hernando Siles