Giro do Vale / Destaque / Saúde

Hospital de Porto Alegre aluga contêiner para armazenar corpos

Centro Cirúrgico e sala de recuperação foram transformados em espaços para receber pacientes com Covid-19

Foto: Agência Brasil / Divulgação

O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, teve esgotamento de espaço em seu necrotério, e por isso decidiu locar um contêiner refrigerado para alocar os pacientes mortos. No início da tarde desta terça-feira, dia 2, instituição estva com índice de 114,9%, superando a capacidade de leitos de UTI. As informações são de GaúchaZH.

“A nossa lista do morgue (necrotério), ontem (segunda-feira), ultrapassou a capacidade de acomodar as pessoas que faleceram dentro do hospital. Estamos contratando um contêiner para poder colocar as vítimas” relatou o superintendente médico do hospital, Luiz Antônio Nasi.

O centro cirúrgico e salas de recuperação, forma transformados em alas para receber doentes com covid-19, relatou.

Nasi classificou a situação como “caótica”, relatando um “cenário de guerra” nas alas da instituição. O superintendente citou que o hospital atendeu mais de 7 mil pessoas com covid-19 ao longo do último ano e que há a percepção de que a situação no momento é diferente da encontrada até então no combate à doença.

Ele acredita que a piora dos índices de internação e de óbitos tem relação com a disseminação da variação P1 do coronavírus no Estado, defendendo a maior restrição no trânsito de pessoas.

Para atuar frente ao aumento de pacientes e da gravidade dos internados, médicos, anestesistas e enfermeiros de todas as áreas estão sendo requisitados para atuar na área covid.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Prisão ocorreu instantes depois de terem feito uma idosa de 80 anos de vítima

Ambos possuem extensa ficha criminal por furtos em veículos

Colorado entra em campo às 19h15min, no estádio Hernando Siles