Giro do Vale / Destaque / Saúde

Hospital de Porto Alegre aluga contêiner para armazenar corpos

Centro Cirúrgico e sala de recuperação foram transformados em espaços para receber pacientes com Covid-19

Foto: Agência Brasil / Divulgação

O Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, teve esgotamento de espaço em seu necrotério, e por isso decidiu locar um contêiner refrigerado para alocar os pacientes mortos. No início da tarde desta terça-feira, dia 2, instituição estva com índice de 114,9%, superando a capacidade de leitos de UTI. As informações são de GaúchaZH.

“A nossa lista do morgue (necrotério), ontem (segunda-feira), ultrapassou a capacidade de acomodar as pessoas que faleceram dentro do hospital. Estamos contratando um contêiner para poder colocar as vítimas” relatou o superintendente médico do hospital, Luiz Antônio Nasi.

O centro cirúrgico e salas de recuperação, forma transformados em alas para receber doentes com covid-19, relatou.

Nasi classificou a situação como “caótica”, relatando um “cenário de guerra” nas alas da instituição. O superintendente citou que o hospital atendeu mais de 7 mil pessoas com covid-19 ao longo do último ano e que há a percepção de que a situação no momento é diferente da encontrada até então no combate à doença.

Ele acredita que a piora dos índices de internação e de óbitos tem relação com a disseminação da variação P1 do coronavírus no Estado, defendendo a maior restrição no trânsito de pessoas.

Para atuar frente ao aumento de pacientes e da gravidade dos internados, médicos, anestesistas e enfermeiros de todas as áreas estão sendo requisitados para atuar na área covid.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Há chance de tempo instável na instável na Serra, Vales e Grande Porto Alegre

Projeto volta para a Câmara para análise de financiamento

No Vale do Taquari, a mínima será de 11°C e a máxima não ultrapassa os 25°C

Indivíduo de 37 anos estava andando pela rua com uma arma na cintura, ao lado de uma mulher