Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio vence o La Equidad na estreia da Sul-Americana

Sob o olhar do novo técnico Tiago Nunes, Tricolor bateu o rival colombiano por 2 a 1 na Arena

Foto; Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Se não era exatamente o que o Grêmio esperava para a temporada, ao menos a equipe cumpriu com o objetivo. Sob o olhar atento do novo técnico Tiago Nunes, o Tricolor venceu o La Equidad, da Colômbia, pelo placar de 2 a 1, na Arena, na noite desta quinta-feira. Com o resultado, larga na frente no grupo H da competição continental, depois de nove anos desde a última participação no torneio.

No primeiro tempo, Diego Souza subiu mais alto que a zaga e marcou de cabeça. Na etapa final, Rodrigues foi expulso e o zagueiro reserva Paulo Miranda entrou para recompor e acabou marcando o segundo do Tricolor. No fim, o La Equidad descontou com Omar Duarte.

O Tricolor volta a campo no sábado, às 21h, pelo Gauchão, para enfrentar o Ypiranga, na última rodada da fase de grupos. Pela Sul-Americana, a próxima partida é contra o Lanús, reeditando a final da Libertadores de 2017, na quinta-feira da semana que vem, no La Fortaleza.

Diego Souza marca no fim do primeiro tempo 

Sob os olhares de Tiago Nunes, que esteve na Arena acompanhando a partida, o xará e interino Thiago Gomes se despediu do comando da equipe escalando o que tinha de melhor à disposição. Mais uma vez, sem os titulares Kannemann e Geromel na zaga, mandou Ruan e Rodrigues para a função. No meio, Jean Pyerre teve a companhia de Alisson e Ferreira para municiar Diego Souza. 

O Grêmio mais uma vez sofreu com os problemas que apresentou ao longo da temporada 2020 e nos jogos sob o comando de Thiago Gomes. O meio teve pouca mobilidade apresentou uma transição lenta, rodando a bola no campo ofensivo sem objetividade, e sem finalizar com perigo ao gol de Bonilla.

Ainda no primeiro tempo, o técnico Thiago Gomes foi forçado a fazer uma substituição por lesão. Alisson sofreu um pisão e sentiu muitas dores. O jogador sequer conseguia apoiar o pé no chão e acabou sendo sacado para a entrada de Léo Pereira. 

No entanto, nas poucas tentativas de chegar à frente, especialmente com Ferreira, os jogadores estiveram isolados. Aos 37 minutos, a jogada que traduziu a postura do Grêmio no primeiro tempo. Ele foi acionado em lançamento longo, mas completamente sozinho, acabou desarmado no meio de dois defensores e fez a falta de ataque. 

Quando parecia que a partida ia ao intervalo empatada em 0 a 0, foi Ferreira, o mais ativo do Tricolor na etapa inicial, quem construiu a jogada do gol. Ele foi até a linha de fundo, e levantou para Diego Souza, que venceu a defesa e cabeceou firme, no canto esquerdo do goleiro do La Equidad, levando o Grêmio em vantagem de 1 a 0 no primeiro tempo.

Grêmio cai de produção, mas garante vitória após expulsão

Quem voltou com postura diferente na segunda etapa foi o La Equidad. Apesar de seguir fazendo faltas duras e tomando cartões amarelos em sequência, também passou a criar chances. Logo nos primeiros cinco minutos, foram duas. Na mais perigosa, Herazo bateu vencendo Brenno, e coube ao zagueiro Ruan salvar e evitar o gol de empate dos colombianos. 

O time visitante manteve a postura agressiva, e contou com a diminuição de ritmo do Tricolor para seguir ameaçando. Em cobrança de falta aos 22 minutos, Brenno foi obrigado a saltar e fazer boa defesa para espalmar o chute forte de Lima, mandando para escanteio a bola e evitando o empate.

E a situação se complicou ainda mais quando Rodrigues foi expulso. Após falta em Pacheco fora do lance, o árbitro flagrou um possível tapa do defensor Tricolor no jogador do La Equidad. Como não há VAR, o árbitro optou por retirar o amarelo e aplicar o cartão vermelho ao defensor. Para corrigir a formação, Thiago Gomes sacou Jean Pyerre, sumido no segundo tempo, para a entrada de Paulo Miranda. 

Foi justamente Paulo Miranda quem acabou decidindo para o Tricolor. Após entrar para recompor o sistema defensivo, ele estava na área após cobrança curta de escanteio. Rafinha recebeu e levantou na medida, no segundo pau, buscando Diego Souza. Ele escorou de cabeça para o meio da área e Paulo Miranda empurrou para as redes, fazendo 2 a 0. 

Parecia tudo definido, mas nos minutos finais, Omar Duarte descontou para os visitantes, em um belo chute de dentro da área. No entanto, não houve tempo para reação, e o jogador ainda foi expulso minutos depois após entrada dura de carrinho em Rafinha. Assim, o Tricolor estreou na Sul-Americana com vitória na Arena. 

Copa Sul-Americana – 1ª rodada

Grêmio 2 

Brenno; Rafinha, Ruan, Rodrigues e Cortez; Thiago Santos (Lucas Silva), Matheus Henrique, Alisson (Leo Pereira), Ferreira (Leo Chu) e Jean Pyerre (Paulo Miranda); Diego Souza (Victor Bobsin). Técnico: Thiago Gomes

La Equidad 1

Bonilla; Pacheco, John García, Mena e Torralvo; Pablo Lima, Mahecha e Motta (Camacho); Angulo (Zapata), Mantilla e Herazo (Omar Duarte). Técnico: Alexis Garcia

Gols: Diego Souza (36/1T) e Paulo Miranda (32/2T); Omar Duarte (44/2T)
Cartões amarelos: Ruan (Grêmio); Herazo, Alexis Garcia, Andres Correa, Mena e Mantilla (La Equidad)
Cartões vermelhos: Rodrigues (Grêmio); Omar Duarte (La Equidad)
Arbitragem: Eber Aquino (PAR)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Cerca de 155 agentes cumpriram 30 mandados judiciais em 12 cidades gaúchas, tendo como alvos também a caça ilegal e o tráfico de armas

Com bastante nebulosidade e tempo instável, a temperatura varia pouco

Foi descartado qualquer tipo de sinal de violência no corpo da criança

Foi a quinta vez consecutiva que prêmio não teve seis acertadores