Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Grêmio cede empate ao Santos, segue sem vencer e na lanterna do Brasileirão

Tricolor esteve na frente em duas oportunidades na Arena, mas se frustrou com o 2 a 2

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O Grêmio segue sem vencer no Brasileirão. Chegou a estar na frente em duas oportunidades, mas não conseguiu resistir ao Santos na Arena, na noite desta quinta-feira, e a partida acabou empatada em 2 a 2. Com o resultado, o Tricolor segue na lanterna da competição, com apenas um ponto conquistado em quatro jogos. 

Diego Souza marcou no início do jogo, e Marcos Guilherme buscou o empate. Depois, em bela jogada do centroavante, Matheus Henrique colocou o Tricolor em vantagem novamente. No segundo tempo, Marinho bateu de muito longe e definiu o placar. 

O Grêmio volta a campo no domingo, para enfrentar o Fortaleza, às 20h. O confronto, válido pela 7ª rodada do Brasileirão, acontece na Arena, em Porto Alegre. 

Grêmio vai ao intervalo vencendo

Conforme prometido após a série de resultado negativos, Tiago Nunes realizou as alterações esperadas. No gol, Gabriel Chapecó entrou no lugar de Paulo Victor, que havia falhado na derrota para o Sport e sequer foi relacionado. Com três volantes, Victor Bobsin apareceu na companhia de Tiago Santos e Matheus Henrique. Na frente, Léo Pereira foi a alternativa. Jonatha Robert e Luiz Fernando foram os sacrificados no esquema. 

E foi uma das trocas quem teve participação direta no primeiro gol, logo aos três minutos. Rafinha cruzou da direita na segundo trave, e Victor Bobsin escorou de cabeça para a pequena área, dando a assistência. Diego Souza, de voleio, acertou lindo chute para fazer 1 a 0 para o Tricolor.

O Santos chegou ao empate em um erro de saída de bola do Grêmio. Matheus Henrique, que fez primeiro tempo ruim, errando quase tudo ofensiva e defensivamente, perdeu a dividida para Camacho. Ele fez bom passe por elevação para Marcos Guilherme, que ficou cara a cara com Chapecó e bateu na saída do goleiro para igualar o confronto em 1 a 1.

O volante se redimiu em um gol que só precisou empurrar a bola para as redes. Aos 42, Luiz Felipe chutou a bola em cima de Ferreira, e na dividida ela sobrou para Diego Souza. O atacante avançou com ela dominada e invadiu a área. Consciente, deu bela assistência para Matheus Henrique que, atrás da linha da bola, apenas empurrou para o gol e levar o Grêmio em vantagem de 2 a 1 ao intervalo.

Marinho empata no segundo tempo 

O Santos voltou tão desligado quanto no segundo tempo e, por pouco, não tomou o terceiro. Logo no primeiro minuto, Diego Souza, que teve boa atuação, acionou Ferreira em profundidade. Ele saiu na cara do goleiro, e bateu rasteiro, tentando deslocar. No entanto, João Paulo desviou com o pé, e o atacante do Grêmio desperdiçou a oportunidade de ampliar.

Depois dessa chance, o Grêmio caiu de produção ofensiva. Pela direita, Léo Pereira seguiu pouco acionado e, a exemplo do primeiro tempo, pouco contribuiu para a equipe. Ferreira, além da chance desperdiçada, conseguiu no máximo um cartão amarelo infantil em falta desnecessária.

Para tentar mudar o quadro, Tiago Nunes optou pela entrada de Douglas Costa, em sua estreia na Arena, aos 25 minutos da etapa final. Para o lugar dele, o escolhido a ser sacado foi justamente Léo Pereira. 

O Grêmio, porém, parou de produzir ofensivamente. E se o Santos também não conseguia chegar à frente, e praticamente não criou, contou com um lance isolado para buscar o empate. Após Marcos Guilherme ficar com a bola na área, ele achou Marinho. Com espaço, e de muito longe, ele arriscou a finalização. O chute forte encontrou o ângulo de Chapecó, empatando a partida e definindo o marcador na Arena, mantendo o Tricolor sem vitórias e na lanterna da competição. 

Campeonato Brasileiro – 5ª rodada

Grêmio 2

Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Victor Bobsin, Thiago Santos, Matheus Henrique, Leo Pereira (Douglas Costa) e Ferreira; Diego Souza (Ricardinho). Técnico: Tiago Nunes

Santos 2 

João Paulo; Pará (Madson), Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Lucas Braga); Alison (Camacho), Jean Mota, Pirani, Marinho e Marcos Guilherme; Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz

Gols: Diego Souza (3/1T); Marcos Guilherme (28/1T), Matheus Henrique (43/1T) e Marinho (33/2T)

Cartões amarelos: Diego Souza e Ferreira (Grêmio); Camacho, Jean Mota, Marinho e Fernando Diniz (Santos)

Arbitragem: Caio Max Ribeiro (RN)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 24/06, às 21h30min

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Crime ocorreu no Bairro Santo Antônio, e autor fugiu após o crime

Carro foi removido ao depósito e a mulher foi conduzida à DPPA de Lajeado

Receita já informou os contribuintes sobre pendências

No Vale do Taquari, o sol aparece entre nuvens