Giro do Vale / Destaque / Estrela / Polícia

Padrasto é preso após ter estuprado e engravidado enteada de 11 anos, em Estrela

Exame de DNA comprovou que houve relacionamento entre o homem e a menina

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Após período de investigação, a Polícia Civil de Estrela cumpriu mandado de prisão preventiva contra um homem de 49 anos, acusado por estupro de vulnerável contra sua enteada de 11 anos.

O procedimento investigativo foi instaurado a partir da gravidez da menina, que num primeiro momento relatou que teria sido estuprada pelo cunhado de 21 anos. Ele acabou preso , ficando cerca de três semanas recolhido no sistema prisional, até ser solto através de determinação judicial.

Após confronto de DNA do feto extraído da criança, e do material genético fornecido pelos dois suspeitos, o resultado deu positivo para o padrasto, que violentou e engravidou a vítima.

Os dois são indiciados pelo crime de estupro de vulnerável. Embora o cunhado da vítima tenha sido liberado, a Polícia Civil acredita que ele também tenha violentado a criança, de acordo com os depoimentos que foram colhidos.

Ao ser ouvido pela Polícia Civil, o padrasto confessou os fatos. Ele foi recolhido ao Presídio Estadual de Lajeado.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Produtos estavam armazenados de forma irregular e fora da temperatura adequada, com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem identificação e procedência, além de higiene precária

Os profissionais fizeram o combate das chamas e resfriamento da estrutura com o uso de aproximadamente mil litros de água

Foram cumpridas quatro ordens judiciais no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. Também foram apreendidos bens como aparelhos eletrônicos e telefones celulares

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte