Giro do Vale / Destaque / Estrela / Fazenda Vilanova / Polícia / Sem categoria

Trio é preso em Fazenda Vilanova, após furtar trilhos de trem avaliados em R$ 450 mil

Eles foram flagrados descarregando o material levado da linha férrea

Foto: Divulgação / BM

Três homens foram presos na Estrada da Saibreira, na localidade de Concórdia em Fazenda Vilanova, na manhã da segunda-feira, dia 30, após denúncia de furto de trilhos de trem.

Após relatos de que três homens, estariam em um caminhão, e praticando o furto de trilhos de trem na linha São José, em Estrela a guarnição deslocou ao local e constatou que haviam sido levados aproximadamente 250 metros de trilhos.

Uma testemunha relatou que um caminhão de cor vermelha havia carregado o material instantes antes, e saindo em direção a ERS-129, a Via Láctea.

Após o início das buscas, veio a informação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), de que o caminhão estaria descarregando os ferros na localidade de Concórdia, em Fazenda Vilanova. As guarnições foram até o local onde encontraram o veículo parado em meio a via. O condutor de 26 anos, foi flagrado tentando esconder um maçarico e dois cilindros de oxigênio em um galpão, a 500 metros do local. Outros dois homens, de 35 e 18 anos, foram encontrados juntos aos trilhos que já haviam sido descarregados.

Foto: Divulgação / BM

Os três receberam voz de prisão, forma conduzidos ao Hospital Estrela, e depois apresentados na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado.

De acordo com a empresa RUMO Logística, o valor do prejuízo seria em torno de R$ 450 mil já que o metro de trilho custa para a empresa R$ 1,8 mil.

Participaram da ocorrência guarnições de Brigada Militar de Estrela, Teutônia, Taquari, Tabaí e PRF.

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Comentários

  1. Dalvania Cardoso Oliveira disse:

    Mas os três homens presos por crime federal ao roubar trilhos de trem pagaram fiança e já estão livres pra cometer outros tipos de CRIMES essas são as leis do nosso país

Publicidade

Últimas Notícias

Produtos estavam armazenados de forma irregular e fora da temperatura adequada, com prazos de validade vencidos ou sem prazos de validade, sem identificação e procedência, além de higiene precária

Os profissionais fizeram o combate das chamas e resfriamento da estrutura com o uso de aproximadamente mil litros de água

Foram cumpridas quatro ordens judiciais no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. Também foram apreendidos bens como aparelhos eletrônicos e telefones celulares

Instabilidade atinge Planalto, Serra e Litoral Norte