Giro do Vale / Esporte / Inter

Inter empata com o Santos, e estaciona na 9ª colocação no Brasileirão

Colorado chega a quatro jogos consecutivos sem vencer e vê vaga na Libertadores ameaçada

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O Inter segue sem vencer no Brasileirão. Com pouca inspiração tática e técnica, o Colorado só empatou em 1 a 1 com o Santos na noite deste domingo, no estádio Beira-Rio, pela 36ª rodada e segue estacionado na nona colocação da tabela, com 48 pontos, fora da zona de classificação para a Libertadores 2022. Agora, já são quatro rodadas sem triunfar na competição. Na próxima rodada, o time do técnico Diego Aguirre recebe o Atlético-GO, na segunda-feira, às 20h. 

O resultado ruim irritou os colorados, que se manifestaram com algumas vaias ao longo do jogo e após o apito final. O zagueiro santista Luiz Felipe, contra, ainda na primeira etapa, e o jovem centroavante Marcos Leonardo, logo no começo do segundo tempo, marcaram os gols da partida. 

Gol contra da vantagem

Mesmo sem grande inspiração, o Inter conseguiu construir sua vantagem na primeira etapa. Com uma proposta defensiva, o Santos entregou a bola e queria explorar os contragolpes. Eficiente, a defesa colorada não cedeu espaços e sofreu poucos sustos. A primeira chance aconteceu aos 8 minutos. Voltando de lesão, o centroavante Yuri Alberto recebeu na ponta direita e finalizou cruzado, tirando tinta da trave. 

Na pressão inicial, quase o gol. Depois de boa troca de passes, a bola chegou em Edenilson, que só rolou para Patrick soltar a bomba e provocar boa defesa do goleiro João Paulo aos 12 minutos. Depois do ímpeto no começo, o jogo perdeu em intensidade e ambas equipes evitaram se arriscar. Entretanto, quem sempre chegava com mais perigo eram os donos da casa. Aos 28, o lateral Moisés perdeu chance clara. Palacios não controlou a bola dentro da área e ela sobrou para o lateral, que mandou para fora quase da pequena área. 

O Peixe não conseguiu levar perigo para Lomba e sempre se frustrou quando queria contragolpear. A postura mais interessada do Inter rendeu frutos somente no final. Aos 45, o meia Taison bateu de fora da área e provocou bela defesa de João Paulo. O goleiro espalmou para o lado e ela ficou com Patrick. Aí, o ponta cruzou e o zagueiro Luiz Felipe empurrou para a própria meta. Gol contra e vantagem colorada garantida para os vestiários. 

Empate e vaias 

O Inter promoveu uma troca para o segundo tempo. O agora volante Zé Gabriel entrou na vaga de Johnny. O time, por sua vez, voltou na marcha lenta e logo no primeiro minuto o Santos empatou com Marcos Leonardo. Após cobrança de escanteio, a zaga colorada ficou plantada e o atacante finalizou cara a cara com Lomba. Depois da igualdade, aos 4, o jovem novamente marcou, mas ele estava em posição irregular. 

Com o cenário do jogo se alterando, o técnico Diego Aguirre fez mais uma mudança. Mauricio entrou na vaga de Patrick. O ponta recebeu algumas vaias da torcida. Aos 11 minutos, Lomba salvou. Marcos Leonardo deu lindo toque de calcanhar para Madson ficar cara a cara com o arqueiro colorado. O goleiro cresceu e defendeu. A cena se repetiu aos 14. Ângelo ficou de frente para a meta colorada e obrigou Lomba a fazer grande defesa. Foram duas chances claras santistas. Aguirre alterou mais a equipe. Saravia e Palacios deram lugar para Heitor e Mercado. 

Depois de 16 minutos, o Inter finalmente assustou o Santos. Mauricio avançou livre pelo meio e finalizou de esquerda. A bola foi na trave de João Paulo. Aos 26, o goleiro santista apareceu duas vezes. Mauricio e Edenilson chutaram e o arqueiro conseguiu levar a melhor nos dois lances.

A torcida foi ficando impaciente e algumas vaias foram ouvidas no Beira-Rio. Moisés e o volante Zé Gabriel eram os alvos favoritos. Aos 42, o lateral inclusive desperdiçou uma chance clara. Mauricio girou bem e deu passe na outra ponta. O jogador apareceu e desviou para fora a chance de vitória colorada. Empate garantido e resultado bom para ninguém. 

Campeonato Brasileiro – 36ª rodada

Inter 1

Lomba; Saravia (Mercado), Bruno Méndez, Cuesta e Moisés; Johnny (Zé Gabriel), Edenilson, Palacios (Heitor), Taison e Patrick (Mauricio); Yuri Alberto. Técnico: Diego Aguirre.

Santos 1 

João Paulo; Kaiky, Luiz Felipe, Danilo e Madson, Vinicius (Sandry), Felipe Jonathan (Camacho) e Lucas Braga; Gabriel Pirani (Carlos Sánchez), Angelo (Matias) e Marcos Leonardo (Raniel). Técnico: Fabio Carille

Gols: Luiz Felipe (Gol contra 45/1°) Marcos Leonardo (01/2°T)
Cartões amarelos: Johnny (Inter) Sandry (Santos)
Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC)
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 28/11, às 19h

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Da tarde para a noite, pancadas de chuvas isoladas poderão atingir a maioria das regiões

Acidente ocorreu no início da madrugada deste sábado, dia 22, na altura do Km 271 da rodovia

Anvisa autorizou ontem uso de imunizante para a faixa etária