Giro do Vale

Giro do Vale

domingo, 16 de junho de 2024

Grêmio para em retranca do Juventude na Arena

Foto: Ricardo Giusti / Divulgação

Foto: Ricardo Giusti / Divulgação

O Grêmio voltou a desapontar sua torcida na Arena, nesta segunda-feira. O Tricolor enfrentou um Juventude muito fechado, chegou a “amassar” o adversário, mas não encontrou o gol. O retorno de Giuliano foi o ponto positivo no dia em que o empate em 0 a 0 voltou a causar vaias da torcida gremista.

Com o resultado, o Grêmio volta a entrar na zona de classificação para as quartas de final do Gauchão, com o oitavo lugar e 10 pontos. O Juventude está logo na frente, em sétimo, com 11 pontos. No próximo domingo, o Tricolor vai à casa do maior rival para disputar o Gre-Nal. No mesmo dia, o time de Caxias recebe o Lajeadense.

Erros defensivos

O Juventude chegou a ameaçar no começo do primeiro tempo e foi perigoso nos contra-ataques, mas depois disso, optou pela marcação. O Tricolor, por sua vez, controlou a segunda metade da etapa e a criar chances, mas com dificuldades e falta de qualidade para romper o bloqueio defensivo.

Nos primeiro minutos, contudo, foram as falhas defensivas gremistas que fizeram Marcelo Grohe trabalhar. O goleiro espalmou bola no ângulo direito, depois de Erazo entregar de forma infantil para Zulu. Depois, a zaga deixou Zulu livre para chutar cruzado e ele tirou com um tapa na bola a chance clara de gol.

O Tricolor reagiu e, aos 25 minutos, quase marcou com Marcelo Hermes, que ganhou na esquerda e chutou cruzado para boa defesa do goleiro Airton. Combativo, Douglas criou chance aos 38 minutos. Ele roubou bola no meio e lançou Everaldo, mas o centroavante adiantou demais, dividiu com o goleiro e, no rebote, viu Douglão tirar na cara do gol.

Os comandados de Felipão ainda tiveram várias oportunidades na bola parada, mas não souberam aproveitar. Galhardo mandou por cima pelo menos três cobranças e os escanteios de Douglas, apesar de perigosos, não conseguiram “achar uma cabeça” para mandar a bola para as redes.

Pressão sem resultado

A segunda etapa teve domínio ainda maior do Tricolor, com o adversário da Serra montando um ferrolho atrás da linha da bola. Giuliano entrou no lugar de Marcelo Hermes. Aos seis minutos, Douglas cobrou bela falta no ângulo direito, mas o goleirão Airton voou para espalmar.

Com o bloqueio defensivo, o Tricolor teve grandes dificuldades em criar chances claras de gol, apesar das boas combinações entre Douglas e Giuliano. A dupla quase deixou Everaldo na cara do gol, mas o centroavante dividiu com a zaga na sua melhor oportunidade.

Felipão apostou em mudanças e mandou Everton e Lucas Coelho a campo, nos lugares de Pedro Rocha e Douglas. Sem a organização no meio, contudo, ficou ainda mais difícil a vida ofensiva do Tricolor. O Juventude ainda ameaçou aos 39 minutos. A bola sobrou para Zulu que chutou no ângulo esquerdo, mas Marcelo Grohe fez linda defesa. Nos minutos finais, ambos os times desperdiçaram a bola do jogo. Aos 44, Wallacer teve a chance no rebote de Grohe, mas sem goleiro chutou para fora. Já nos acréscimos, Everton furou em cruzamento de Galhardo, já com Airton batido.

Gauchão – 7ª rodada

Grêmio 0
Marcelo Grohe, Galhardo, Rhodolfo, Erazo, Júnior, Araújo, Fellipe Bastos, Marcelo Hermes (Giuliano), Douglas (Lucas Coelho), Pedro Rocha (Everton) e Everaldo. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Juventude 0
Airton; Douglão, Pereira, Heverton e Helder; Vacaria (Dema), Alan Schons (Lucas), Jardel e Itaqui (Duda); Wallacer e Zulu. Técnico: Picoli.

Local: Arena do Grêmio.
Cartões amarelos: Vacaria, Aírton, Jardel, Pereira e Wallacer (J).
Árbitro: Diego Real.

 

Correio do Povo
Compartilhe:

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados no momento.

Leia também