Giro do Vale / Esporte / Grêmio

Jogando fora de casa, Grêmio vence o Lanús na Sul-Americana

Com gol no final, Tricolor bateu os argentinos por 2 a 1

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Foi exatamente o reencontro que o torcedor esperava. No palco do tricampeonato da Libertadores em 2017, o Grêmio saiu na frente, chegou a ceder o empate ao Lanús, mas marcou no fim e venceu por 2 a 1 em La Fortaleza, na noite desta quinta-feira, em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Sul-Americana. Com o resultado, o Tricolor lidera o grupo H, com 6 pontos.  

O Grêmio saiu na frente, com gol marcado no primeiro tempo por Léo Pereira. Na etapa final, o Lanús melhorou e chegou ao empate, com gol de Belmonte. Ferreira, no fim, definiu a vitória do Tricolor. 

Agora, os comandados de Tiago Nunes enfrentam o Caxias, no domingo, às 19h, no Centenário, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Gaúcho. Pela Sul-Americana, voltam a campo na próxima quinta-feira, às 19h15min, para enfrentar o Aragua, da Venezuela, na Arena, pela terceira rodada. 

Gremistas superam forte marcação

A grande novidade da equipe foi a presença do zagueiro Geromel. Ele formou a dupla de zaga ao lado de Ruan no mesmo palco onde ergueu a Libertadores em 2017. Na frente, sem Alisson, machucado, Ferreira e Jean Pyerre tiveram a companhia de Leo Pereira para municiar Diego Souza.

O Grêmio começou o jogo com mais presença ofensiva no campo do adversário. Logo aos 4 minutos, Ferreira levou vantagem sobre a marcação e finalizou na rede pelo lado de fora.

No entanto, esse ímpeto inicial arrefeceu, e o jogo perdeu intensidade depois dos 15 minutos. Ferreira foi o mais acionado, e Diego Souza tentou sair da área para buscar jogo. Até a primeira meia hora, nenhuma finalização foi na direção do gol.

Na primeira jogada em velocidade em que conseguiu espaço, o Grêmio abriu o placar. Após escanteio a seu favor, o Lanús cedeu contra-ataque. Matheus Henrique ganhou e acionou Ferreira na esquerda, que arrancou e soltou para Léo Pereira, livre, só empurrar para o gol e fazer 1 a 0. Garantiu a vantagem em uma etapa inicial pouco movimentada. 

Ferreira define a vitória 

A marcação, característica predominante da primeira etapa, se manteve no início do segundo tempo. E, para o Grêmio, ela se traduziu em Thiago Santos, um dos destaques da equipe. Isso ficou evidente em dois lances em sequência com contribuições do volante: primeiro, roubou bola e criou chance para o Grêmio. Depois, ajudou a neutralizar ataque do Lanús acompanhando a marcação de perto. 

Logo aos 8 minutos, o Grêmio voltou a levar perigo ao gol do Lanús. Após boa jogada em velocidade pela esquerda, Ferreira cruzou a meia altura. A bola desviou e sobrou para Diego Souza. Ele fez o pivô, girou e bateu de perna esquerda, carimbando o pé da trave direita de Morales.

Mas o Lanús trocou e melhorou o time. Passou a criar chances, e pressionou o Grêmio. Aos 22, De La Vega achou Bernabei, que chutou obrigando Brenno a espalmar. No rebote, Ruan chegou afastando para evitar a chegada do Lanús. 

Dois minutos depois, a pressão resultou em um merecido empate para os argentinos. Trocando passes pelo meio, de novo com De La Vega, que dessa vez pegou sobra de bola alta e achou Orsini se infiltrando por entre a defesa. De carrinho, deu um toque sutil, fazendo a bola chegar em Belmonte. Com categoria, deu um tapa no canto de Brenno, empatando o jogo em 1 a 1. 

No fim, as duas equipes cansaram. O técnico Tiago Nunes fez modificações que melhoraram o time e devolveram a presença ofensiva ao Tricolor, e a vitória veio graças a uma bela troca de passes, que terminou com lindo gol de Ferreira, garantindo o triunfo por 2 a 1 e colocando o Grêmio na liderança da chave. 

Copa Sul-Americana – 2ª rodada da fase de grupos

Lanús 1

Morales; Gomez (Aguirre), Thaller, Burdisso e Aude (Aléxis Pérez); Pérez (Orsini), Belmonte e Esquivel (Quignón); De La Vega, Bernabei e Sand. Técnico: Luis Zubeldia 

Grêmio 2 

Brenno; Rafinha, Geromel, Ruan e Cortez; Thiago Santos, Matheus Henrique (Lucas Silva), Jean Pyerre (Maicon), Leo Pereira (Luiz Fernando) e Ferreira; Diego Souza (Churín). Técnico: Tiago Nunes

Gols: Léo Pereira (34/1T); Belmonte (11/2T) e Ferreira (41/2T)

Cartões amarelos: Pérez, Aude e Quignón (Lanús); Thiago Santos, Lucas Silva e Léo Pereira (Grêmio) 

Arbitragem: Piero Maza (CHI)

Local: Estádio Néstor Diaz Perez, em Lanús (ARG)

Data e hora: 29/04, às 21h30min

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Temperatura fica amena na maioria das regiões ao longo do dia

Jean Pyerre marcou de pênalti o único gol do jogo diante do Vitória da Bahia

Restos mortais estavam às margens do rio, na localidade de Chafariz