Giro do Vale / Esporte / Inter

Taison é apresentado, e diz que chega para conquistar títulos com o Inter

Mais experiente, jogador disse que espera contar com ajuda dos companheiros para se ambientar com o futebol brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação

O meia e atacante Taison foi apresentado no início da tarde desta sexta-feira no Inter e voltou a repetir que está muito feliz por voltar para casa. Disse que está mais experiente e com vontade de ajudar os companheiros, como Bolívar e D’Alessandro ajudaram ele quando iniciou no futebol. Apesar do sucesso que teve Shakhtar, Taison destacou que também precisará de ajuda para se ambientar com o futebol brasileiro.

“Vim com isso (o sangue nos olhos), mas sozinho não vou conquistar o que quero. Temos jogadores de alto nível e sei que eles também querem ajudar o clube e conquistar títulos. Ganhei 15 títulos no Shakhtar, fui até as quartas da Liga dos Campeões e volto mais experiente. Saí vencedor, voltei vencedor e quero vencer. Não vim a passeio, vim para ganhar. Quero conquistar títulos, assim como todos do clube também querem”, destacou.

O jogador de 33 anos ressaltou que teve propostas interessantes para permanecer na Europa ou mesmo no clube ucraniano, mas que a sua cabeça “estava totalmente voltada para retornar ao Inter”. Ele fez os exames médicos na manhã desta sexta-feira, mesmo depois de uma longa viagem até Porto Alegre, e à tarde irá encontrar os novos companheiros.

“O Taison saiu com 22 anos, campeão da Libertadores e da Sul-Americana. Volto mais experiente. Joguei uma Copa do Mundo, mais de 300 jogos no Shakhtar. Voltei para o clube que eu amo. Agradeço a todos que se esforçaram para me trazer. A novela foi longa, mas estou de volta. Incomodei o presidente com várias mensagens para que acertassem logo (a contratação). Volto para ajudar os mais jovens. Para ajudar como o Bolívar e o D’Alessandro fizeram comigo. Estou bem condicionado e, agora, dependo do mister (Miguel Ángel Ramírez) para saber onde ele quer me utilizar”, disse.

Taison irá se encontrar à tarde com o treinador espanhol e a partir daí saberá qual a ideia que o técnico tem para utilizá-lo. “Contra o Esportivo ainda não (irei reestrear), pois cheguei ontem de noite. Fiz os testes, me sinto muito bem, pois vinha jogando na Ucrânia. O mister é que vai definir quando vou estrear. Minha vontade é estar logo dentro de campo para ajudar os meus companheiros”, declarou. Taison não está inscrito no Gauchão. 

Taison irá se integrar no grupo na atividade marcada para as 16h30min no Centro de Treinamentos do Parque Gigante. A tendência é que ele faça a sua estreia contra o Olímpia, no dia 5 de maio, na terceira rodada do grupo B da Libertadores.

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Este é o menor patamar desde 10 de fevereiro, quando havia 802 pessoas em estado grave no Estado

Geada ainda aparece na maior parte do Estado ao amanhecer

De acordo com o Governo do Estado, são 140.800 doses da Coronavac e 166.140 doses da Pfizer

Um carro da Brigada Militar capotou e policial ficou ferido na ação