Giro do Vale / Economia / País

Aumento do álcool impediu queda da gasolina em postos do RS, diz Sulpetro

Expectativa de redução de até R$ 0,05 nas bombas não ocorreu.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mesmo com o anúncio da Petrobras de redução dos preços da gasolina nas refinarias, o consumidor não viu diferenças nos postos no Rio Grande do Sul. Indagado sobre a situação, o presidente Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no Estado (Sulpetro), Adão Oliveira, afirmou que a gasolina não apresentou retração de preço devido ao aumento significativo do álcool nos últimos dias.

“As distribuidoras fazem a adição de 27% de álcool anidro na gasolina para que ela se transforme em gasolina do tipo C, para ser encaminhada para o varejo. O álcool anidro está subindo quase que diariamente, e quando há a adição de álcool na gasolina, automaticamente a gasolina do tipo C aumentaria no varejo. Se não houvesse essa redução do preço da gasolina, ela certamente subiria no varejo”, afirmou Oliveira. Ele reiterou ainda que não há ingerência da Sulpetro sobre os preços cobrados do consumidor.

A expectativa era de uma queda de 1,4% no preço da gasolina na bomba, repercutindo em uma queda de até R$ 0,05 no litro. O valor médio da gasolina em Porto Alegre chega a R$ 3,89. De acordo com a Petrobras, a redução é para o combustível vendido no atacado. O impacto dessas reduções no bolso do consumidor vai depender das estratégias de cada posto. Os preços serão revistos pelo menos uma vez por mês.

 

Correio do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Foto: Brigada Militar / Divulgação

Bandidos tentaram abrir cofre com uso de maçarico.

Foto: Divulgação

Vítima foi rendida por um jovem que fez menção de estar armado

tempo bom

Região terá máxima de 28°C nesta segunda-feira

Foto: Reprodução / RBS TV

Voto popular vai definir o vencedor entre as três entidades tradicionalistas que estão na disputa.