Giro do Vale / Destaque / Estado / Polícia

Desarticulada quadrilha que atacou agência bancária de Bom Retiro do Sul em 2016

A organização criminosa realizou pelo menos cinco ataques deste tipo desde outubro do ano passado.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) realiza na manhã desta quinta-feira, dia 23, uma operação para desarticular a quadrilha que atacava bancos com uso de explosivos no Rio Grande do Sul. A organização criminosa realizou pelo menos cinco ataques deste tipo desde outubro do ano passado.

O grupo fez reféns e disparou contra dois carros durante assalto a agência do Bradesco em outubro de 2016 em Bom Retiro do Sul. Em outra ação, os criminosos trocaram tiros e feriram um agente durante confronto após tentativa de roubo em Arroio dos Ratos, em novembro. A quadrilha também explodiu dias depois terminal eletrônico da subprefeitura de Eldorado do Sul.

Foto: Giro do Vale

Agência de Bom Retiro do Sul foi atacada em outubro de 2016. (Foto: Juliano Beppler / Giro do Vale / Arquivo)

Além desses casos, apura-se o envolvimento da organização em fatos que ocorreram na cidade de General Câmara e Barão do Triunfo, bem como em roubo a estabelecimento comercial na Região Metropolitana.

LEIA TAMBÉM:
PRF prepara a Operação Viagem Segura Carnaval 2017
Homem morre após tomar descarga elétrica no Parque dos Dick em Lajeado
Residência é consumida pelo fogo no interior de Taquari

Mandados 

A chamada “Operação Bird”, nome dado pelo fato de que o líder da quadrilha tem o apelido de Passarinho, contou com 50 policiais para cumprir 10 mandados de busca e seis mandados de prisão preventiva em Guaíba, Alvorada, Viamão e zona norte de Porto Alegre.

Foto: Divulgação / Polícia Civil

Material apreendido até o momento na Operação Bird. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Segundo os delegados Joel Wagner e João Paulo de Abreu, o grupo era um dos mais violentos em atividade no Rio Grande do Sul. A quadrilha foi responsável por diversos ataques a bancos, cinco confirmados, e levaram terror à sociedade gaúcha no ano de 2016. Além disso, voltaria a praticar novos crimes neste ano. Em Arroio dos Ratos, após investigação do Deic, os agentes interceptaram os bandidos antes de um novo ataque. Além do policial ferido, pelo menos dois ladrões também foram baleados. Mas na ocasião, eles fugiram.

Apreensões e prisão

Até o momento cinco pessoas foram presas, sendo dois presos em flagrante. Na ação, foram apreendidos três revólveres calibre 38, uma pistola, .40, munições diversas, colete balístico, rádios comunicadores, uma motocicleta, um carro volkswagen gol, explosivos e cordel detonante.

Segundo o Delegado Sander Cajal, Diretor da Divisão de Investigações Criminais do DEIC, participaram ao todo cerca de 50 policiais da especializada, sendo alvo de buscas 10 imóveis nas cidades de Alvorada, Guaíba, Viamão e Porto Alegre.

 

Rádio Gaúcha

Veja mais imagens

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

Três pessoas teriam sofrido ferimentos, mas sem gravidade.

Bando fez cordão humano com vítimas.

Alunas aprendem noções iniciais de informática, manuseio do mouse e teclado, editor de textos, internet e e-mail.

O recurso foi destinado pelo Deputado Federal Covatti Filho (PP) por solicitação da executiva municipal do partido.