Giro do Vale / Educação

Governo autoriza suspensão de pagamento de parcelas do Fies

Não haverá cobrança de juros ou multa por atraso de pagamento sobre as parcelas suspensas do financiamento

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O governo federal publicou nesta segunda-feira, dia 25, a resolução que permite a suspensão de parcelas do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) durante estado de calamidade pública provocada pela pandemia de coronavírus. 

O texto, publicado no Diário Oficial da União, permite suspensão de duas parcelas para contratos em fase de utilização ou carência e quatro parcelas para aqueles em fase de amortização. Não haverá cobrança de juros ou multa por atraso de pagamento sobre as parcelas suspensas. 

O estudante que quiser pedir a suspensão deve entrar em contato com o agente financeiro que administra o seu Fies até o dia 31 de dezembro deste ano. 

Correi do Povo

Ainda não há comentários

Publicidade

Últimas Notícias

São 3,5 milhões nascidos em novembro com direito ao depósito da 1ª à 5ª parcela de R$ 600 e da extra de R$ 300, além do grupo do Bolsa Família

Frente fria empurra massa de ar frio que deve provocar queda na temperatura no Estado

Com mudança de ponto facultativo, unidades não abrem na sexta-feira

Serão beneficiados 3,6 milhões nascidos em outubro, além do grupo do Bolsa Família, com final 8 do NIS, que recebe a parcela extra de R$ 300