Giro do Vale / Bom Retiro do Sul / Destaque / Polícia

Namorado é apontado como suspeito pelo assassinato de jovem bom-retirense

Indivíduo de 22 anos está foragido desde o crime ocorrido no início da noite deste domingo, dia 5

Foto: Reprodução / Facebook

O principal suspeito pelo feminicídio registrado no início da noite de domingo, dia 5, em Bom Retiro do Sul, está foragido. De acordo com a Brigada Militar (BM) o acusado de ter dado um tiro, que resultou na morte de Luana Graciéli de Souza Lounai, 19 anos, não foi encontrado até o momento.

O autor do assassinato da jovem teria deixado a cena do crime em um taxi de cor branca. A informação teria sido repassada aos policiais por testemunhas. O taxista foi ouvido pela polícia e indicou que levou o suspeito até a casa de seu pai, porém ele não foi mais encontrado naquele destino. A arma utilizada no crime também não foi localizada.

De acordo com a BM, o suspeito possui antecedentes criminais por tráfico de entorpecentes, posse de entorpecentes, desobediência e apreensão de objeto.

A Polícia Civil agora está se aprofundando nas investigações, e seguem as buscas ao suspeito. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Lajeado, mas o caso ficará a cargo da Delegacia de Polícia de Bom Retiro do Sul.

O crime

Um vizinho comunicou a BM que havia ouvido um estampido de tiro, e logo após foi até a casa da vítima e a encontrou sob uma cama, com um travesseiro no rosto. Ao tirar o travesseiro, ele viu que ela sangrava pelo nariz e ouvidos.

Uma guarnição foi até o local e confirmou a denúncia. Uma ambulância foi deslocada e como a menina ainda tinha batimentos cardíacos, foi prontamente encaminhada ao hospital, mas não resistiu. Ela foi atingida por um tiro no olho direito.

Logo após ouvirem o estampido, testemunhas viram um homem deixar a casa de carona em um táxi branco.

Ainda não há comentários

Envie-nos o seu comentário

Publicidade

Últimas Notícias

Crime ocorreu no Bairro Santo Antônio, e autor fugiu após o crime

Carro foi removido ao depósito e a mulher foi conduzida à DPPA de Lajeado

Receita já informou os contribuintes sobre pendências

No Vale do Taquari, o sol aparece entre nuvens